O destino da vez

Portugal está tão na moda que já virou clichê dizer que Portugal está na moda. Na jornada à terra-mãe, Lisboa é porta de entrada destino certo para amantes da gastronomia e do design

As mesmas calçadas de pedras portuguesas, o sobe e desce das colinas, os bondes elétricos, os elevadores públicos com ares de antigamente… está tudo lá. Quitandas de bairro resistem bravamente em pleno século 21, tascas seguem populares e todos buscam os pasteis de nata com água na boca. O melhor de Lisboa não mudou. O resto… bem, o resto mudou. E mudou muito, para melhor.

Não foi da noite para o dia – que o diga a entrada na União Européia – que o mundo resolveu virar todos os holofotes para este pedaço da Península Ibérica debruçada sobre as águas do Atlântico, mas é inegável: nunca houve tanta novidade, tanta badalação, tanto prêmio.

 

 

 

 

 

 

Novos museus, edifícios assinados por grandes arquitetos de fama mundial, um número cada vez maior de restaurantes estrelados, bares inventivos, rooftops descolados, lojas incríveis, hotéis design, feiras de arte… a lista de boas novas é infindável e o reflexo vê-se nas ruas da cidade, cada vez mais cheias. Lisboa tem andado cosmopolita demais… franceses, brasileiros, ingleses, todos buscando o fervo e a alegria.

O melhor? O melhor de Lisboa não mudou nada. Ou quase.

Onde ficar
Ideal para quem não dispensa um clássico, o Ritz Four Seasons  é ótima pedida –  tem vista privilegiada do Parque Eduardo VII, do Castelo de São Jorge e do Tejo. Aliás, é o hotel português que fez estreia na lista da Forbes com a classificação de cinco estrelas, na 61ª lista anual que reúne as melhores experiências de luxo em hotéis por todo o mundo. Ele caiu nas graças dos inspetores arrancando a avaliação mais alta e a gente afirma que sim, ele é tudo isso!

O Four Seasons Hotel Ritz Lisbon é o local perfeito para os viajantes mais exigentes e vai o nosso uau para nossas razões:

  • O hotel tem uma pista de corrida no terraço com vista para os telhados vermelhos de Lisboa com o Rio Tejo ao fundo. A academia é excelente !
  • A piscina aquecida enorme e o spa são por demais convidativos, com áreas para relax com chá, água e revistas à disposição.
  • O café da manhã no restaurante Varanda é simplesmente fantástico! Nos finais de semana, inclusive famílias tradicionais lisboetas se rendem ao brunch, muitíssimo bem servido num ambiente refinado e agradável.
  • Quando a gente se hospeda num hotel com a grife Four Seasons a gente já sabe antecipadamente que vai encontrar um serviço de alta qualidade e instalações super confortáveis. Com a chancela Ritz, a gente pode ter certeza de que se trata de um hotel de luxo, com serviço irretocável, desde as boas-vindas com um vinho do Porto e pasteis de Nata no quarto.

No subsolo, junto ao spa, uma piscina de tamanho surpreendente, aquecida, lhe espera. Chá, água, jornais e revistas compõem o cenário de relaxamento.

https://www.fourseasons.com/pt/lisbon/
Onde curtir
Com um conceito desenvolvido pelo Chefpreneur Olivier, o SEEN Lisboa, é o hotspot incontestado da cidade, com a sua decoração art déco e DJ Residente e debruçado sobre uma das vistas mais deslumbrantes de Lisboa. No nono e último piso do Hotel Tivoli Avenida, segue o conceito já inaugurado em São Paulo, no 23.º andar do Tivoli Mofarrej

À entrada, assim que sai do elevador, abre-se a cortina de veludo e se dá de cara um uma árvore no meio do bar, com folhagens a subir pelo teto. “A ideia foi trazer a vegetação do Brasil para cá”, explicou o chef.  A carta de cocktails é extensa, com muitas propostas de autor, que podem vir acompanhadas de petiscos como carpaccio de polvo,  crocante de tapioca com queijo curado, taco Seen (com caranguejo, manga e guacamole) ou croquetes de cordeiro. O sushi bar é divino, mas não pule as sobremesas, também de dar água na boca. Tudo se desenrola em três momentos: da cortina para o bar, daí para o restaurante e até chegar ao terraço com vista para a Avenida da Liberdade.

O lugar para ver e ser visto tem continuidade com o Sky Bar, em terraço aberto, partilhando ambiente e atmosfera cosmopolita, animada, glamorosa e sofisticada.Com o Castelo de São Jorge à esquerda, o Rio Tejo e a Serra da Arrábida como plano de fundo e a silhueta Lisboeta aos seus pés, é uma paisagem de tirar o fôlego, atraindo as mais variadas celebridades desfrutando bons momentos ao som de DJs residentes. O bar é quase todo aberto e estava bastante animado quando visitamos.

Para começar e terminar a noite, o lugar é o spot da cidade, um uma atmosfera urbana incrível e um pôr do sol inesquecível.

https://seenlx.com/

O charme de um palácio histórico

Não há maior magia do que hospedar-se num dos hotéis mais românticos de Lisboa, um luxuoso palácio, o Olissipo Lapa Palace, construído no século XIX no topo de uma das sete colinas, com vista singular para o rio Tejo

Todos os detalhes e todo seu staff auxiliam para que esta seja uma experiência única. Nosso avião aterrissou às 6h e chegamos, portanto, muito antes do horário do check-in (14h) no hotel. Tão logo recebemos as boas-vindas de um senhor de fraque e cartola que abriu a porta do carro, já fomos convidados a um maravilhoso café da manhã nos seus jardins, renovados no último ano, assim como a área da piscina.

O belo palácio situa-se no histórico bairro da Lapa, o mais nobre bairro lisboeta, rodeado por embaixadas e inserido num majestoso jardim subtropical, a alguns minutos de distância do centro de Lisboa. A Lapa teve origem após o terremoto de 1755, quando o primeiro Barão de Porto Covo, Jacinto Fernandes Bandeira, ali construiu a sua casa, com o bairro tornando-se então residência da nobreza e da classe alta de Lisboa.

Construído em 1870 pelo visconde de Porto Covo, quando passou para as mãos do Conde de Valenças, por volta de 1883, foi transformado num verdadeiro palácio decorado por alguns dos grandes artistas da época. Foi só em 1992, quando passado à família Simões de Almeida, que foi transformado no cinco estrelas que hoje integra a conceituada rede dos hotéis mais charmosos do mundo (LHW).

Cartão postal do que de melhor se fez (e faz!) em Portugal, o Lapa Palace bem podia ser um hotel museu. O espólio deste “museu” tem peças de peso. Na ala original, a do Palácio – à qual se juntaram duas recentes, a do Jardim e a Villa Lapa – o clássico atinge o máximo esplendor. Os quartos e suites atravessam vários estilos e épocas: art déco, colonial, Algarve e neo-clássico.

Aliás, em todos eles o mobiliário foi recriado por mestres carpinteiros de Paços de Ferreira, à imagem dos móveis originais que abrangem estilos como o D. João V, D. Maria I e D. José. É difícil não se sentir um verdadeiro dandy quando rodeado por tamanha opulência e presenteado com vários mimos ao longo da estadia. Como os doces portugueses, no quarto, de boas-vindas.

Hotel possui hoje três alas distintas, do Palácio, do Jardim e a Villa Lapa, com todos os quartos com um décor individual. Se for uma reserva para uma ocasião especial, nossa sugestão é o Quarto da Torre, com azulejos pintados à mão e duas varandas privadas, uma das quais é o torreão do Palácio original, com ‘a melhor vista de Lisboa’. Todos os quartos do Palácio têm como elementos decorativos peças de porcelana da Vista Alegre, empresa de cerâmica portuguesa fundada em 1824.

Inpressiona a vista do Olissipo Lapa Palace

http://www.lapapalace.com

 

Fotos Divulgação e próprias

Conteúdo publicado na edição 47 da revista Gente que Faz



Tags relacionadas

Comente



Compartilhe!







POSTS RECENTES

Image

O destino da vez

Portugal está tão na moda que já virou clichê dizer que Portugal está na moda. Na jornada à terra-mãe, Lisboa é porta de entrada destino certo para amantes da gastronomia e do design As mesmas calçadas de pedras portuguesas, o sobe e desce das colinas, os bondes elétricos, os elevadores públicos com ares de antigamente… […]

LEIA MAIS
Image

Home theaters de ricos e famosos têm sido a fuga perfeita nesta pandemia

Um home-theater de sonhos  é o desejo do momento nesse tempo de coronavirus, sem dúvidas.  Resolvemos pesquisar os espaços mais incríveis para os cinéfilos em homenagem à nossa parceira DTS Cinema em Casa, craque nestes espaços. Espia aqui a fuga perfeita de famosos durante a pandemia A sala de exibição Lady Luck, na Califórnia, criada […]

LEIA MAIS
Image

Daniel Both, transformando festas em superproduções

No Brasil, o segmento de festas e cerimônias tem muito a comemorar. Literalmente. Segundo dados da Associação Brasileira de Eventos, esse mercado movimentou mais de R$ 17 bilhões no ano passado e projeta um crescimento de 14% em 2019. Um dos empreendedores que vem surfando esta onda é o gaúcho Daniel Both, proprietário da Completa […]

LEIA MAIS