Juliana Sanmartin se internacionaliza

A incansável Juliana SanMartin desbrava novas terras. Após uma temporada em Nova York e Paris, comemora os resultados de mais uma empreitada bem-sucedida, a internacionalização de sua marca. “A criação e a inspiração são frutos da paixão pelo que faço, da minha realização, e o resultado é uma consequência natural disso e não o propósito maior.” Conversamos um pouco sobre os novos rumos da marca dessa criadora de sonhos em forma de couro

É consenso entre as clientes: o couro de Juliana SanMartin está entre os melhores do Brasil. Sua clientela é fiel e acostumada com seu padrão de qualidade, que tem uma preocupação desde a escolha da matéria prima até a atenção no pós-vendas. “Minha cliente é absolutamente fiel, acha nossa modelagem impecável e nossa qualidade imbatível.” Para agradar ao público, aposta na inovação à cada coleção.

 

O segredo para conquistar um novo público e manter a clientela fiel é unir o frescor das novidades com o padrão Juliana Sanmartin, trabalhando cores e processos totalmente diferentes da estação anterior. “É a mesma roupa cada vez mais aperfeiçoada e original.” Busca-se a perfeição, visando produzir sonhos em forma de couro.

Mesmo com o avanço tecnológico na moda, o produto é confeccionado artesanalmente com um material tão nobre e durável que pode ser comparado a uma joia, e passado de geração a geração. “Além de tudo ser feito com muito carinho, a marca tem um propósito e uma identidade muito própria!” Quem compra e conhece suas peças, consegue reconhecer de longe seu DNA.

O mercado da moda é conhecido por ser extremamente competitivo, porém isso não tira o sono de Juliana. “As pessoas estão focadas em “surfar aquela onda”, vender aquela roupa sem “shape” que ilustra a ideia de outra pessoa. Isso vai totalmente contra todos os princípios e valores da minha empresa.” Ter construído uma marca sólida ao longo dos anos é seu maior diferencial.

 


“Tenho muito a agradecer àquelas que sonham meu sonho comigo. Afinal, a Juliana Sanmartin é a minha filha primogênita.”


Os novos horizontes

Em fevereiro, Juliana e sua equipe lançaram a coleção de inverno em Nova York. A maioria das peças são as mesmas comercializadas no Brasil, pois a pesquisa é sempre baseada em tendências globais, derrubando barreiras. “Apenas acrescentamos alguns “best sellers” e que ainda não são conhecidos por lá.” É essencial levar as peças queridinhas do público ao exterior, ainda que mais tarde, pois o produto é atemporal e as feiras recebem clientes do mundo todo.

Além dos EUA, a marca atravessa o Oceano e é vendida para Europa e Ásia. “Nessa última edição,  abrimos novas multimarcas nos EUA e por surpresa o mercado Israelense.” A fama do couro made in Brazil aliada ao reconhecimento do profissionalismo de Juliana garantem o sucesso.

Planejamento foi a palavra chave para o início das exportações. “Este projeto surgiu concomitante a minha gestação, então foi pensado e amadurecido com calma.” O processo é extremamente burocrático, caro e com poucos profissionais capacitados em auxiliar sobre o assunto.

Novos procedimentos foram implementados gradualmente na empresa para atender o mercado interno e externo com maestria, sem prejudicar os processos operacionais, conciliando as vendas nos mais diferentes lugares do mundo. “O critério rigoroso de controle e organização dos pedidos foi fundamental para que tudo se concretizasse de forma exitosa.”

Collabs e um universo de descobertas

Uma forte tendência do mundo da moda é unir o DNA de duas marcas em coleções cápsula, agregando estilos e formas de produzir. As chamadas “collabs” estão muito em alta e podem ser muito agregadoras. No universo da Juliana Sanmartin, elas surgem quando começam as brotar as ideias da nova coleção. “Todo trabalho em parceria tem que ter verdade na sua elaboração, identidade e principalmente admiração.” Orquestrar uma criação a quatro mãos não é um processo simples: é preciso estar em sintonia fina e a união de saberes torna o resultado único.

Recentemente uma colaboração com a estilista Patrícia Bonaldi destacou a marca mais uma vez no cenário da moda. “Nossa parceria agregou ainda mais sofisticação e originalidade ao nosso produto. As peças bordadas ficaram lindas e viraram objeto de desejo absoluto.” O processo de desenvolvimento foi facilitado por uma sinergia natural.

Algumas criações levam até dois dias para serem bordadas, por isso é uma venda especial e limitadíssima, verdadeiras peças de colecionador. A exclusividade do produto fica por conta de um trabalho artesanal e autoral das duas estilistas.

 

O processo compartilhado

A chave para o sucesso e crescimento da marca é a dedicação e as incontáveis horas de estudo e trabalho sobre as coleções. Os méritos vão para toda a equipe, que realiza o trabalho com engajamento e dedicação exemplares. “O processo criativo passa 100% por mim, desde a escolha das cores (sempre a minha maior dificuldade) até o último aviamento, entretanto, tenho apoio de profissionais capacitados que me auxiliam no processo.”

Durante a criação de uma coleção, os profissionais opinam dentro de suas áreas, e nenhum detalhe passa desapercebido pela empresária. “É engraçado, quando se tem uma marca com visibilidade, as pessoas acreditam que o dono dela não trabalha.” Juliana prova o contrário. Craque na criatividade, ainda conta com sua sócia Bruna Rassier, que ajuda na organização das ideias com um olhar objetivo e comercial. Para ela, o bom resultado é reflexo de um modelo de construção colaborativo.

De Juliana a Ju: a vida pessoal

Se a vida de empresária é um sucesso, a pessoal segue o mesmo rumo. Após oito anos, muitas conquistas e noites mal dormidas, Ju conta que a tarefa de ser mãe é a mais difícil de todas. “Como mãe nunca sabemos se estamos errando ou acertando, enquanto no trabalho recebemos uma resposta quase que imediata do consumidor.” Assim como demonstra nas redes sociais, o bom humor é uma constante para lidar com a rotina.

Perfeccionista, encara o desafio de conciliar trabalho e vida pessoal priorizando as urgências. “Estou ainda tentando me acostumar com essa rotina de deixar sempre algo por fazer sem me estressar.” Ama as duas “funções”, que exigem dedicação diária. Prova disso é que sua filha Rafaela foi junto para Nova York durante o período da feira e dentro da empresa tem um espaço com tudo que a bebê necessita.

Um dos pilares para a harmonia é o marido, o advogado Rafael Diehl, que define como um super parceiro que a incentiva sempre. “Ele sempre foi meu maior incentivador, apoiador e amor.” Seu segredo é sempre procurar o equilíbrio, pois percebe que até mesmo o ócio é necessário para o surgimento de novas ideias. “Em meio a todas essas mudanças e adaptações fizemos a coleção mais vendida da história da marca. Foi uma resposta a todo o meu esforço.”

Prova de que trabalho e vida pessoal se cruzam com linearidade,  é que mantém uma relação próxima com suas clientes, principalmente aquelas que ajudaram a conquistar tudo que a marca representa hoje. Muitas delas têm seu telefone pessoal e percebem que, além de uma relação profissional, criaram laços de amizade. “Tenho muito a agradecer àquelas que sonham meu sonho comigo. Afinal, a Juliana Sanmartin é a minha filha primogênita”, finaliza divertindo-se.

 

Por Douglas Petry

Conteúdo publicado na edição 43 da revista Gente que Faz



Tags relacionadas

Comente



Compartilhe!







POSTS RECENTES

Image

Sobre amigos, viagens e fotografia

Felipe Manfroi, um dos talentos da fotografia gaúcha, tem apontado suas lentes para destinos como a Patagônia, o Atacama e os Andes. Na carona, começou a levar pessoas interessadas não só em viajar, mas em aprender um pouco mais sobre a arte que ele tanto ama. Assim surgiram, no ano passado, as expedições fotográficas Uma […]

LEIA MAIS
Image

Luxo é a união da ética com a estética

Dinheiro ou status? Nenhum dos dois. Para o diretor criativo da Osklen, Oskar Metsavaht, ter em mãos um objeto desejado por muitos é estar comprometido com questões além das coisas materiais O século XXI é marcado pela defesa de várias bandeiras ao redor do mundo, mas uma em especial se sobressai: a natureza. Afinal de […]

LEIA MAIS
Image

Como é se hospedar num resort all-inclusive

Os resorts all-inclusive são excelentes opções de hospedagem em destinos de praia, mas muitas pessoas pensam que são apenas hotéis mais caros e luxuosos   Segundo a Abreu Turismo, especialista em levar turistas aos melhores destinos ao redor do globo, eles se enquadram em uma categoria diferente de hospedagem, que oferece o maior nível de […]

LEIA MAIS