As linhas hipnotizantes de Marcos Biazus

O impacto visual provocado pelas obras de Marcos Biazus impressiona pelas soluções arquitetônicas

Seus projetos têm todas as credenciais para disputar holofotes conjuntamente com os cenários onde estão inseridos. E, geograficamente, esta listagem só se amplia. Há casas cinematográficas, de 250 m² a 4.000 m² com sua assinatura em todo o Brasil e fora do país também.

Marcos Biazus

 

Nestes dois anos de pandemia, ele viu simplesmente um salto de 100% na demanda de projetos em seu escritório. Somente neste ano, ele e sua equipe estiveram envolvidos aproximadamente em 40 projetos concomitantemente.  Aliás, seu cliente já o procura se identificando com o seu traço.  Alguns querem algo mais fora da curva e outros, nem tanto. Há aquele que se permite o viés mais excêntrico e pede por minicampo de golfe em cima da casa, uma residência com boate no subsolo – o cliente era DJ e a casa foi construída em Nova Lima, Minas Gerais, ou uma piscina pendurada no rooftop com borda de vidro, com vista para a sala e para o mar, ensaiando para fora dos limites da construção – cujo projeto apresentamos aqui.


“SEMPRE PROCURO AGUÇAR A  VISÃO DE QUEM OLHA, QUE AQUELA FORMA SEJA AGRADÁVEL A QUEM A APRECIA”.


 

Influenciado pelos grandes arquitetos Niemeyer e Mies van der Rohe, de papel fundamental no modernismo, hoje Marcos estende seu olhar aos renomados escritórios de arquitetura Saota, da África do Sul, e Creato, do México. O conceito de suas obras dança do modernismo à contemporaneidade. Aliás, já são 16 anos de arquitetura nos quais características de seu trabalho são imutáveis. “Sempre procuro aguçar a visão de quem olha, que aquela forma seja agradável a quem a aprecia, como uma música tem os acordes corretos aos ouvidos, independente de seu estilo, prezo a questão de proporções dos volumes, de profundidade”, coloca Biazus.

Livre de limites para inventar, com projetos marcantes e com formas e volumes variados, pedimos ao arquiteto sobre o maior desafio aos seus projetos, cuja origem é a paixão e a vontade de fazer diferente. “É a evolução rápida de alguns conceitos construtivos e da mão de obra que precisa acompanhar isso. Estamos dando uma pincelada, agora, na arquitetura paramétrica, mas temos nossos receios quanto à execução, mão de obra X tecnologia”. Num aparte, a arquitetura paramétrica é feita a partir do estudo de diversos dados como a carta solar, ventos predominantes, entre outras condições na localização do projeto; o uso de algoritmos e softwares especializados permite expandir as possibilidades arquitetônicas, criando linhas que desafiam os limites da imaginação. Com a arquitetura paramétrica, por exemplo, é possível criar uma fachada cheia de curvas e aberturas em que a entrada do sol é milimetricamente calculada para fornecer o conforto térmico ideal.

 

 

Marcos Biazus e sua equipe focam hoje somente projetos arquitetônicos, há muitos sendo executados no Brasil, há um em Atlanta, nos EUA, todos com formas e volumes variados, com vãos e estruturas metálicas, arquitetura inovadora, engenharia de visão e tecnologia. Com um universo tão vasto de variáveis na execução, podemos imaginar este desafio.

O extenso portfólio de seus projetos é resultado da ousadia da linguagem visual que Marcos estende ao seu trabalho. Aqui, por exemplo, trazemos a obra audaciosa da piscina que convida da sala e balança para o mar.

Projetos BIAZUS ARQUITETURA, fone 51.98121-7808 | @biazusarquitetura

Dentre os fornecedores: WEIKU ESQUADRIAS



Tags relacionadas

Comente



Compartilhe!







POSTS RECENTES

Image

O ‘tompêro’ do Jacquin

Ele é o mais renomado chef francês em atividade no Brasil, é reconhecido como uma das personalidades mais importantes do país. Ah, sim, nossa imersão na Terra da Garoa incluiu dois opostos do inquieto jurado do MasterChef, Erick Jacquin: o Président, de alta gastronomia, e o Buteco do Jacquin, recentemente inaugurado Naquela noite ele não […]

LEIA MAIS
Image

Quatro destinos na Floresta

  Hoje, 21 de março, se celebra o Dia Mundial da Floresta, instituído em 2012 pela Assembleia Geral das Nações Unidas com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância deste ecossistema na conservação do Planeta e de suas espécies Segundo o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), o Brasil resguarda a segunda maior área […]

LEIA MAIS
Image

A Ásia, por Kazuo Harada

Kazuo Harada retornou a sua cidade natal, São Paulo, e já há um séquito de fãs e fiéis que o agradecem na terra que dos negócios à boa mesa é de uma multiplicidade cultural incrível Histórias traçadas com afeto de família, como o avô que também teve um restaurante oriental na capital paulista, talvez estejam […]

LEIA MAIS