Renaissance Club Level, em São Paulo

A trabalho ou a lazer, a localização do Renaissance, o charme do design de Ruy Ohtake e sua bandeira Marriott dispensam apresentações! Já fazia algum tempo em que estivemos a última vez no Renaissance SP, foi quando topamos com Gisele Bundchen e sua yorkshire ‘Vida’, que durante 14 anos acompanhou a übermodel por onde quer que ela fosse,  no elevador do hotel…  não há como esquecer. Após a repaginação de suas suítes e até mesmo do lobby e de seus espaços públicos, não mais o visitamos. E elegemos um dos melhores Club Levels do país para abordar.

A vista do Club level é divina

Um ótimo hotel tanto para quem está a trabalho ou lazer, o Renaissance, em São Paulo, tem um dos melhores Club Lounges da capital paulista, num espaço singular no 23º andar, com uma vista cinematográfica do skyline. Imagine realizar reuniões ou desfrutar de diferentes momentos ao longo do dia com mimos como canapés, bebidas quentes, frias e alcoólicas, pratos quentes e um happy hour especial ao anoitecer, que amamos.

Se você escolheu um apartamento na categoria Club tem acesso ao Club Lounge. Dentre os hóspedes frequentes do espaço, pela bandeira internacional do cinco estrelas, verá muitos americanos, europeus e asiáticos. Há também brasileiros, sim, em número crescente, pois há crescente demanda por estes espaços formada principalmente pela chamada geração Millenials, sempre conectada em redes sociais, mas que não deixa de socializar em uma ambiente Millenials friendly, mais contemporâneo.  Serviços exclusivos como business Center, espaços para reuniões e banheiro transients, com ducha para hóspedes que cheguem antes do check in ou que precisem tomar um banho após o horário do check out, são facilidades que impactam na decisão pelo Club level.

A localização do hotel de luxo já é excelente, no coração dos Jardins, um dos bairros mais elegantes da cidade. Todos os quartos estão renovados e o que mais impressiona é o janelão de vidro que proporciona vista cinematográfica, e a cama, padrão Marriott, com tecnologia de absorção de peso patenteada pela marca. O Terraço Jardins, restaurante de cozinha contemporânea com influências brasileiras, o Bytes,  um charmoso espaço wellness, recentemente renovado e junto a uma academia completíssima, sem dúvidas uma das melhores que já vimos em hotéis, também  definem aqui a preferência de hospedagem. O spa, enquanto lá estávamos, recebia os últimos ajustes para sua completa reformulação no espaço físico e no conceito, como refúgio de bem-estar e uma seleção única de terapias e tratamentos inspirados pelos elementos da natureza. A unanimidade entre hóspedes de tantas diferentes nacionalidades é a busca por uma vida mais equilibrada, consciente, sustentável, daí o objetivo da transformação do espaço. Justificadamente, o hotel inaugurado em 1997, cujo projeto é assinado por Ruy Othake, continua super requisitado e atual.

Spa do Renaissance Hotel São Paulo, com novo leiaute e totalmente orgânico e vegano, usando produtos 100% brasileiros nos tratamentos corporais

 



Tags relacionadas

Comente



Compartilhe!







POSTS RECENTES

Image

Carmen Ferrão personifica a máxima “paixão pelo que faz”

A Superintendente de uma das maiores redes do varejo nacional segue reinventando a empresa criada pelo pai, Lins Ferrão, agora com os pés fincados também na gestão online. Para ela, a maior certeza é aquela que bem do coração, da paixão  Carmen Ferrão não para. Com paixão, ela dirige, junto aos irmãos e primos, o […]

LEIA MAIS
Image

Dall’Agnol R. Júnior, uma questão de admiração

Ele é consagrado, assina projetos arrojados e inovadores, em seus mais de 25 anos de arquitetura e decoração já recebeu diversos prêmios, foi tantas vezes quanto inédito em Casa Cor – quem não lembra a Black Box, o Hammam, a Capela, o Acqua Theater e sua Dance House – só para citar o que rapidamente […]

LEIA MAIS
Image

Masculino e atemporal, em décor de Juseliane Arenhart

  O projeto da designer de interiores Juseliane Arenhart para o apartamento masculino privilegiou a integração, a sofisticação e a atemporalidade, em mostra de elegância ao quociente máximo “O lar carrega as memórias e as histórias do indivíduo, é a nossa extensão material, abriga nossa personalidade e nossos gostos mais particulares. Tudo aquilo que nos […]

LEIA MAIS