Foco em educação

Em tempos líquidos, num mundo globalizado e com gerações mais informadas, a escola encontra desafios de mudanças inadiáveis. Dar conta das demandas existentes e focar para o futuro tem sido o propulsor da educação. A escola passa por um dos momentos mais significativos da história, com alunos cada vez mais brilhantes. A preocupação é capacitá-los com habilidades e competências que perpetuem e garantam uma formação integral capaz de dar um “Know-how” de sustentabilidade ao planeta. Formadora de opinião e valores, a escola é hoje um centro de excelência de aprendizagens e, principalmente, um espaço onde o educando busca sua cidadania.

edson1

Escola e Família

Vivemos na era da informação, que busca freneticamente as condições de bem-estar social e pessoal. Uma sociedade que, a partir da informação à disposição, coloca-se na condição de achar que pode argumentar com propriedade em todos os setores, ou seja, antes de ir ao médico o paciente já faz seu próprio diagnóstico. Ao abrirmos um site de busca, tem-se acesso ao passo a passo de como montar uma bomba e também os pais cada vez mais interferem nos processos pedagógicos da escola. É preciso rever alguns conceitos e perceber a necessidade de acreditar no conhecimento técnico e metodológico do profissional que dedicou tempo para sua formação acadêmica. Precisamos respeitar e considerar que todos os espaços de prestação de serviços estão, ou deveriam estar, ocupados por profissionais que têm propriedade e responsabilidade em sua atuação. Sim, a margem de erro deve ser diminuída, e, na escola, a equipe pedagógica precisa estar atenta e centrada na formação contínua do corpo docente, sintonizada com uma geração de alunos brilhantes e voltados a uma capacitação autônoma. As famílias precisam estar presentes, dar suporte, ter sua ouvidoria, mas também confiar, apoiar e vivenciar o trabalho da escola, que é com propriedade baseada em pesquisa e constituída principalmente por profissionais que dedicam seu tempo na busca da excelência.

Humanismo: A sociedade vive um momento em que a mulher tem seu espaço no mercado de trabalho, além disso, temos o contexto de novas estruturas familiares. Tudo isso tem culminado numa intensa procura por escolas de turno integral. Isso tem se contornado e resolvido com o surgimento de muitas escolas oferecendo esse serviço. Precisamos nos remeter ao âmbito de valores, ou seja, a família sempre será responsável pela constituição ética de seus filhos, mas cabe à escola pensar e oferecer uma linguagem, espaço e convivências que favoreçam a solidariedade, o cuidado, o voluntariado e principalmente a disciplina. Essas vivências hoje têm pouco espaço na família. Sim, o planeta precisa de uma geração consciente ecologicamente, apta a viver socialmente num ambiente de diversidade e a instituição escola precisa se engajar nesse novo paradigma.

Tecnologia: Nos últimos 15 anos, a tecnologia fez uma grande ressignificação no contexto ao acesso de registro e na busca da informação. O mundo se interligou a ponto de constituir uma grande unidade planetária e não temo mais privacidade. A escola tem a tarefa imprescindível de se ambientar a essa nova realidade, em especial de não ser mais um transmissor de informação e sim o mediador entre o conhecimento e o aluno, dar acesso e deixar a tecnologia ser um facilitador e duplicador dos processos cognitivos, valendo-se de toda essa estrutura que nada mais é do que uma ferramenta pedagógica. Cabe à escola dar subsídios ao seu projeto e ao seu corpo docente para essa nova realidade. Hoje a escola passa a fazer informática ao invés de ensiná-la.

Línguas: Cabe reconhecer a relevância da interferência das línguas nos processos de globalização da sociedade contemporânea. A escola precisa parar de apenas dar acesso à segunda língua e língua universal. A escola precisa criar mecanismos metodológicos mais eficazes para que o educando possa sair da educação básica com domínio da fala e da escrita da língua inglesa.

Por fim, salientamos que os desafios são muitos, e a escola, como instituição, sempre foi e sempre será um dos espaços, depois da família, mais importantes de organização, projeção e sustentabilidade do ser humano no planeta.

 

Edson Wiethölter

Professor graduado em Letras|Literatura e Alemão pela Univates, pós-graduado em Gestão Escolar pela Universidade Rio Branco – SP, pós-graduado em Administração Escolar –IEI/SETREM- RS, diretor do Colégio Sinodal Gustavo Adolfo – Lajeado e maestro da Orquestra Jovem do Sesi – Lajeado



Tags relacionadas

Comente



Compartilhe!







POSTS RECENTES

Image

CASACOR RS 2019 inicia na próxima semana

Venda online de ingressos com desconto já está disponível no site do evento Os ingressos para conferir a CASACOR RS 2019, que acontece de 23 de julho a 08 de setembro em Porto Alegre, já podem ser adquiridos pelo público que deseja ver de perto as novidades da maior mostra de arquitetura, design e paisagismo […]

LEIA MAIS
Image

Lajeado recebe espetáculo gratuito da Companhia de Flamenco Del Puerto

Secretaria de Estado da Cultura e Del Puerto 20 anos apresentam Flamenco Imaginário para todos – Uma circulação com acessibilidade Nos dias 8 e 9 de julho, a Escola e Companhia de Flamenco Del Puerto leva a linguagem artística e ferramenta cultural originária da Espanha para a cidade de Lajeado. Com uma programação totalmente gratuita […]

LEIA MAIS
Image

S.C.A Mobiliário Contemporâneo lança tendência com o Slimstone

Para marcar esta e outras novidades, a S.C.A Porto Alegre realizou integração com profissionais em festa junina na segunda-feira, dia 24 Depois do sucesso na Casa Cor SP, dentro do espaço assinado pelo arquiteto Felipe Hess, a loja S.C.A Mobiliário Contemporâneo de Porto Alegre passa a apresentar também no seu portfólio o Slimstone. Novidade direcionada […]

LEIA MAIS