Dall’Agnol R. Júnior, uma questão de admiração

Ele é consagrado, assina projetos arrojados e inovadores, em seus mais de 25 anos de arquitetura e decoração já recebeu diversos prêmios, foi tantas vezes quanto inédito em Casa Cor – quem não lembra a Black Box, o Hammam, a Capela, o Acqua Theater e sua Dance House – só para citar o que rapidamente vem à lembrança. Ele usa a automação como craque e, sem dúvidas, é um dos arquitetos de interiores mais chiques de sua geração. Dall’Agnol R. Júnior é sofisticado e sua educação é de lord inglês – e sem o blasé do velho continente. 

Para a execução do projeto de renovação de uma residência em um condomínio, a equação veio da cidade onde residem sua mãe e irmã, em Canoas, numa demonstração de admiração. A nossa anfitriã e cliente de Dall’Agnol R. Júnior, na tarde de produção das imagens que aqui trazemos, abriu a residência de sua família – onde reside com o esposo e filho – com carinho singular. E foi pródiga em elogios ao arquiteto que elegeu.

Há seis anos, a proprietária da residência já seguia o arquiteto em redes sociais e admirava seu trabalho através de publicações e mostras.  Foi perceptível sua alegria para com o resultado obtido na elegante paginação que transborda o jogo bem orquestrado de elementos para o oásis de bem-estar da família que curte receber. Antes mesmo de dar o ok final para a aquisição da residência, Dall’Agnol acompanhou-os certificando-se dos potenciais do imóvel.

Boas soluções de arquitetura, de acabamento, marcenaria espetacular executada, arte, elementos de decoração pinçados com muito critério e antiguidades que não são meramente peças decorativas, mas que contêm os valores do tempo e os indícios culturais que as caracterizam, sublinham a narrativa estética do leiaute atemporal. Já no hall de entrada do lar, obra de 2,43m de altura e 1,07m de largura foi produzida sob encomenda para o artista gaúcho Juliano Lopes, com paleta de cores definida. A obra revisita uma de suas fases artísticas, de alados. Após esboço aprovado, cá está um dos grandes diferenciais da casa, assinado pelo protagonista que em seu portfólio também apresenta bela obra no túnel de acesso à arena do Grêmio, com painéis narrando histórias, personagens marcantes e o espírito imortal do time.

Porta e inclusive diversas peças do mobiliário da casa, como as do hall, do escritório e um móvel especial, preto com as frentes em lapidação diamante, este pensado para o segundo pavimento da residência, foram especialmente projetados pelo escritório do arquiteto e executados pela Movesa.

Com muita iluminação permitida por amplos recortes de vidros, a escada nos leva ao guarda-corpo do mezanino, que foi adequado com estrutura metálica leve e revestimentos que seguem o padrão da alvenaria interna, após perícia técnica para não ferir a estrutura da casa, para comportar o elevador a vácuo.

Enquanto o quarto de hóspedes recebe uma paleta de cores outono, no de casal Dall’Agnol dá luz à sua expertise, tirando partido de um efeito que também tornou perceptível na sala de jantar, usando a preta para permitir a sensação de abóboda celeste, de pé-direito maior, de infinito. “Quando usado com a técnica correta, o preto no teto é ótimo também para quartos, pois é absorvente universal, dá relaxamento e descanso aos olhos”, pontua o arquiteto.

No andar térreo, impera a mesa de jantar, guarnecida por cadeiras, duas poltronas clássicas folheadas a ouro, em veludo verde musgo e quadros Gobi Novelle. Uma paleta de cores mais neutra foi privilegiada, com predomínio dos tons de pele, que fecham bem com qualquer situação de bicromia. “Associamos o preto, o fendi, o branco e o prata, entrou como detalhe o verde, que trouxe o frescor da área externa para dentro de casa”, colocou Dall’Agnol.

Um móvel foi inteiramente composto com adornos e cristais, da Essenza Casa e Jardim, em diversos tons de verde, oliva, musgo. Algumas peças, como o jogo de estofados em veludo alemão Fendi, que compõem o living, vieram da casa antiga e foram remodelados e adequados à nova residência. Delimita o living o tapete Tabriz, da Expresso do Oriente, peça única, totalmente artesanal, como mais uma das peças de arte da residência.

As taças da Cristallerie Saint Louis (Rhino Antiquário), também receberam um móvel próprio

Se a elegância é traduzida no clássico do mobiliário e em peças de adorno, a equação mobília mais antiquariato dá conteúdo à interpretação do espaço, em diálogo eloquente. Um jogo do século passado, de Porcelana Limoges (dentre os maiores nomes da porcelana francesa), toda filetada a ouro 24 quilates, recebeu um móvel próprio. Da mesma forma, as taças da Cristallerie Saint Louis, fundada em 1586 e que se tornou uma referência em luxo e tradição, eleita pela realeza francesa pela pureza incontestável, sonoridade dos deuses e detalhes, como as gravações que podem levar anos para serem finalizados, também repousam em uma cristaleira que já estava na residência e foi recuperada. Tudo, como também o conjunto de talheres estilo Dom José em prata Rádio portuguesa, com gravação na frente e no verso de cada peça, foi garimpado com esmero no Rhino Antiquário, em atenção ao perfil dos anfitriões.

Para o êxito de um projeto arquitetônico, é corrente que o bom cliente acompanhe a vibe do arquiteto. Sem dúvidas, o casal surfou na onda do projeto! A curadoria de materiais foi afinadíssima. Lembra o comercial de aromatizador de ambientes onde o menino pede para ir ao lavabo assim que chega na casa do amigo? Aqui, o lavabo pede mais tempo para ficar… as toalhas Spazio del Bagno são individualizadas para uso (como no Copacabana Palace) e as amenities em lindas bandejas (Parochi) são mimos para os convidados.

Que delícia, enquanto fotografávamos os cenários ou no ínterim em que Dall’Agnol preparou a mesa de jantar para nossos flashes (e nossa anfitriã pediu para que assim a deixasse, para que mimasse o esposo ao chegar no final do dia), a música nos acompanhou.  Bem, mas em casa com tecnologia, sabemos que nosso arquiteto tem estrada. Aliás, em toda residência, a DTS cuidou do som, imagem, automação, monitoramento por microcâmeras e rede wifi, para liberdade total em qualquer espaço da residência e com todo o conforto de se comandar do celular toda a casa.

Dall’Agnol e nossa anfitriã, Angelita Goldani

“Foi um trabalho delicioso do início ao fim, foi uma interação maravilhosa, os clientes confiaram de fato no trabalho e na mão de quem projeta e isso conferiu uma liberdade muito grande, aumentou o prazer durante todo o processo e o resultado foi uma casa totalmente modelada ao jeito de ser e de viver dos seus protagonistas. Ter deles o feedback que é uma alegria voltar para casa, é a melhor parte do projeto”, finalizou o arquiteto. Enfim, há uma máxima que diz “sempre é tempo de rever-se. Vale a pena ver o Dall’Agnol e o que projeta, sempre!

Publicado na edição 40 da revista Gente que Faz

FOTOS Fábio Martins


Ficha técnica:

Dall’Agnol R. Júnior – fone 51.3333-2368

Movesa – 51.3564-4443

Rhino Antiquário – 54.3286-1462

Gobbi Novelle – 51.3321-2173

DTS – 51.33289092


 



Tags relacionadas

Comente



Compartilhe!







POSTS RECENTES

Image

Mostra Elite Design envolve 80 profissionais e abraça o Guaíba

Um projeto que abraça o rio Guaíba e valoriza sua paisagem deslumbrante, promovendo um intercâmbio cultural entre a Capital gaúcha e 48 ambientes planejados em 3 mil metros quadrados de arquitetura, design de interiores, decoração e paisagismo de alto padrão. Assim está sendo a Mostra EliteDesign que conta com a experiência do arquiteto Cezar Etienne de Araújo, sócio-diretor do escritório Zarpellon […]

LEIA MAIS
Image

Carmen Ferrão personifica a máxima “paixão pelo que faz”

A Superintendente de uma das maiores redes do varejo nacional segue reinventando a empresa criada pelo pai, Lins Ferrão, agora com os pés fincados também na gestão online. Para ela, a maior certeza é aquela que bem do coração, da paixão  Carmen Ferrão não para. Com paixão, ela dirige, junto aos irmãos e primos, o […]

LEIA MAIS
Image

Dall’Agnol R. Júnior, uma questão de admiração

Ele é consagrado, assina projetos arrojados e inovadores, em seus mais de 25 anos de arquitetura e decoração já recebeu diversos prêmios, foi tantas vezes quanto inédito em Casa Cor – quem não lembra a Black Box, o Hammam, a Capela, o Acqua Theater e sua Dance House – só para citar o que rapidamente […]

LEIA MAIS