Claudia Bartelle brilha como pedra preciosa

A blogger influencer vira referência em moda e estilo com o site que leva seu nome. Entre um post e outro e os cuidados com a família, declara: “ser fashion é observar o mundo, pinçar o que fica bem em você e usar o que mais lhe favorece e lhe deixa confortável”

As joias são uma das grandes paixões de Claudia Bartelle. “Os maxis brincos estão em alta, nos desfiles vimos também o uso de várias joias ao mesmo tempo. Mas a moda é tão livre… incluindo as joias”, teoriza. “Não há uma moda, uma linha a seguir. Tudo é moda. Não é porque a Pantone decretou o Rose Quartz a cor do momento com a qual você vai se vestir  – pode ser que o tom não fique bem em você. É preciso desenvolver o olhar. Há o seu estilo, o que você gosta de usar, o que lhe cai bem.” A psicóloga e administradora transformou o universo fashion em negócio com o blog que leva seu nome e virou um blogger influencer das mais seguidas – e única gaúcha integrante da troupe de Alice Ferraz no Fhits, primeira plataforma de blogs de moda e lifestyle do mundo.

unnamed (3)

“O blog reflete quem eu sou”, resume. “Mostro ali coisas que eu gosto, pessoas que admiro, causas sociais que eu acho positivas. Tudo sem preconceito, como a moda é.” E o estilo de Claudia Bartelle assim o é também. “Há uma coisa do clássico com o chique e pitadas de tendências de moda no meu estilo próprio. Mas quem acompanha desfiles, revistas e eventos relacionados à moda acaba absorvendo tanta informação que fica querendo provar de tudo”, confessa. “Mas com o tempo você vai vendo o que lhe favorece, a cor que lhe deixa mais bonita… Mas meu estilo é completamente livre, um dia estou de camiseta branca e calça jeans, no noutro bem lady like. Depende do dia, do humor, das minhas atividades. E tem muito a coisa do detalhe, dos acessórios, da joia. Uma caraterística minha é que eu posso até estar bem despojada , mas procuro sempre colocar um detalhe legal no look, algo que faz a diferença.”

Claudia tem feito parcerias com grifes como a Dvoskin Kulkes. “Em meu blog só uso e falo sobre o que eu me identifico. Eu jamais vou destacar algo que não tenha a ver comigo. E, sim, recebo para isso, porque hoje o blog é o meu trabalho. O claudiabartelle.com.br é um endereço jurídico, tenho quem me ajuda com a parte de ferramenta do site, quem faz a área comercial. É uma empresa”, sublinha. Em breve, a moça vai mais longe: vai assinar uma coleção de joias para outra marca, com peças desenhadas por ela mesma. “Fiz cursos de desenho de moda e design, em São Paulo, quando eu morava lá. Criar uma linha de peças foi um trabalho muito prazeroso e que saiu muito rápido, o pessoal da empresa ficou surpreso com a minha produção”, orgulha-se.

_Z8A0918

Um dos temas destacados pelo blog de Claudia é a solidariedade, o bem-viver e o bem fazer. A blogger integra o grupo Voluntárias pela Vida, nascido na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre sob os auspícios do cardiologista Fernando Lucchese. A primeira empreitada do grupo foi arrecadar pouco mais de R$ 3 milhões para a construção de leitos para a UTI neonatal do Hospital da Criança Santo Antônio. A campanha deu tão certo que o valor passou dos R$ 4 milhões e ganhou a colaboração de gente dos quatro cantos do país, culminando no baile que ocorreu em 7 de novembro do ano passado – mesma data, coincidentemente (será?) em que foi ao ar o blog de Claudia Bartelle, que lhe vem trazendo tanto sucesso. “Eu acredito ter dever moral de ajudar os outros. Desde pequena fui incentivada por minha família a contribuir com quem precisa, por mais simples que seja a contribuição. Um cobertor, uma roupa, brinquedos para fazer as crianças carentes mais felizes no Natal… tudo é auxílio”, ressalta. Neste ano, o baile não saiu, devido à crise e à falta de patrocinadores. Mas o trabalho do grupo continua, com preparativos para mais uma ação de peso em 2016. “Através do meu blog,  também quero incentivar as pessoas a fazerem o bem e a descobrirem coisas positivas para suas vidas”, emenda.

Casada com o empresário calçadista Pedro Bartelle, há oito anos, Claudia vive na correria, mas sempre prioriza a família – que inclui os pequenos filhotes Pedro Paulo, 5 anos, e Vittorio, 2. O marido, garante, apoia-a em tudo e também dá os seus palpites. “Ele diz ‘gostei’ ou ‘não gostei’ para algumas postagens e me ajuda muito na parte administrativa do blog. E me pede opinião sobre a roupa com a qual vai sair, pede para eu escolher o look…”, diverte-se. “Tenho uma vida atribulada, mas tenho condições de trabalhar com o que eu gosto, ao lado do meu marido e dos meus filhos. Não sou de ficar me lamentando. Problema, para mim, é falta de saúde. Problema é o que vejo nas visitas à Santa Casa, aqueles pais desesperados pela recuperação de seus filhos. O resto é tocar ficha, resolver o que aparece e agradecer diariamente pela vida.”

Publicado na edição 27 da revista Gente que Faz



Tags relacionadas

Comente



Compartilhe!







POSTS RECENTES

Image

Um fenômeno chamado pôquer

O jogo de cartas mais popular no mundo vem conquistando a cada dia novos adeptos. A Confederação Brasileira de Texas Hold’em (CBTH), entidade que organiza o pôquer no Brasil e é cadastrada no Ministério do Esporte, estima que o número de praticantes no país já passe de oito milhões de pessoas. O acesso ao jogo […]

LEIA MAIS
Image

Jeep na estrada

Polo de grandes concessionárias de veículos, Lajeado recebe este mês uma das marcas mais admiradas pelos brasileiros na categoria SUV. A Jeep chega à cidade pela expansão do Grupo Betiolo Dona do SUV mais vendido no país no primeiro semestre deste ano, a Jeep desembarca este mês no Vale do Taquari. De janeiro a junho […]

LEIA MAIS
Image

Bridal Collection by Eduarda Galvani

A designer Eduarda Galvani é uma das grandes apostas da alta costura, não somente no RS, mas nacionalmente. Duda – como a chamamos com afeto – vive um momento muito especial, de muito trabalho sim, com sua grife agora em agosto comemorando três anos, mas também de muita realização Nas últimas semanas, fotografou com Nattan […]

LEIA MAIS