“A vida é curta para comermos mal.”



No final de março desembarcou oficialmente na capital paulista o Jamie´s Italian Itaim Bibi, o primeiro restaurante de Jamie Oliver nas Américas, ele autor da frase acima. O empreendimento do famoso chef de cozinha, ativista na educação alimentar de crianças e personalidade da TV chegou com a proposta de oferecer comida excepcional e sustentável, em ambiente descontraído e com serviço simpático e acolhedor. Fomos conhecer e viver a experiência gastronômica do momento

www.raphaelcriscuolo.com.br Foto: Raphael Criscuolo ATENÇÃO: Toda foto deve ser publicada com o crédito do autor, na sua íntegra sem cortes ou modificações, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998

 Ele escolheu o Itaim Bibi, repleto de belas ruas e bons restaurantes, para impressionar já pelo lado de fora. O design único, como nos demais restaurantes da rede, incorporou a personalidade da cidade, com imensas paredes de vidros, madeira de demolição no piso e revestimentos. Seus diferentes ambientes em dois pisos incluem bar, estação de massas, área de antepasto e salão com portas e teto retrátil.

www.raphaelcriscuolo.com.br Foto: Raphael Criscuolo ATENÇÃO: Toda foto deve ser publicada com o crédito do autor, na sua íntegra sem cortes ou modificações, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998

No piso superior, o mezzanino acomoda até 50 pessoas e conta também com a cozinha, com preparo de pratos à vista dos clientes. Se do lado de fora temos a imponência, no seu interior o aconchego de casa, rústico e descontraído, nos abraça. Aliás, está aí o segredo, o conceito e o viés da cozinha de Jamie.

 181fab_4f89174ab90c436888edfae030a081f8

 A equipe, formada por 100 pessoas, recebeu treinamento em São Paulo do time inglês de Jamie Oliver. Entre setembro e novembro de 2014, um grupo de 10 pessoas (chefs, subchefs e gerentes) também foi treinado pelo time de Jamie na capital inglesa. O Jamie´s Italian (São Paulo) é o 51º restaurante da marca e o primeiro das Américas. O Jamie´s Italian número 1 foi inaugurado em 2008  na cidade de Oxford, Inglaterra. Atualmente são 36 no Reino Unido e 15 filiais em países como Austrália, China, Emirados Árabes e Singapura.

O conceito

Há sete anos, Jamie Oliver decidiu compartilhar com o mundo o que ele conhecia e amava sobre comida italiana. O Jamie´s Italian é inspirado na paixão de Jamie pelo modo de vida italiano, especialmente da boa alimentação.  Conhecido por usar apenas ingredientes de alta qualidade, que promovem o bem-estar, Jamie Oliver faz questão de apresentar um menu autêntico, onde todas as receitas são experimentadas e testadas com o objetivo de se criar pratos fantásticos.

Conforme Lisandro Lauretti, um dos sócios do empreendimento, as exigências em relação à sustentabilidade e ao bem-estar dos animais são grandes. Os ingredientes utilizados são sempre os melhores, cuidadosamente selecionados de fornecedores, seguindo à risca o padrão da rede no mundo, com aprovação e homologação dos fornecedores pelo grupo Jamie Oliver. Entre os produtos importados estão geleia de pimenta, azeitona preta de Gaeta, presunto italiano San Daniele, carnes curadas e alguns pães como a carta de música.

181fab_26f7ece7db9c4782a316eda3a459463a

Apaixonado pela gastronomia e pelo conceito de alimentação saudável com qualidade, o chef Lisandro Lauretti, descendente de família italiana, é discípulo de Jamie Oliver e em 2012 provou a ele – por ter a mesma formação, energia, ser apaixonado por comida e acreditar no conceito da marca – que era a pessoa certa para ser sócio no Brasil. Além de Lauretti estão na sociedade os empresários Bruno Laporta, Carlo Gadia, Diego Sala, Marcel Gholmieh e Marcelo Goldfarb.

A experiência

Percebe-se que toda a equipe foi treinada para ter um conhecimento profundo sobre todos os pratos que são servidos. Jamie descomplicou a cozinha, faz apologia da comida simples e gostosa e luta por uma alimentação saudável. Em concordância total com o espaço e a ideologia do lugar, o que temos é um prato bem preparado e saboroso por um preço acessível. Aliás, Jamie assume que suas casas não têm a pretensão de servir o “melhor jantar da vida”. Os garçons, vestidos de jeans, camisa e avental preto com uma lambreta desenhada, se apresentam pelo nome e logo perguntam se podem descrever os pratos especiais do dia. Sobre a mesa, nada de toalhas. Apenas o guardanapo de pano com o nome do restaurante estampado, trazido de Londres.Porém, sem frescuras, o jantar foi saboroso demais.

 Pedimos sugestões ao Rafael, que foi de uma gentileza surpreendente, e como antipasti nos decidimos pelos cogumelos assados no pão carta di musica (uma massinha bem fina) com mozzarella de búfala defumada e tomilho crocante (R$38,00), que chegam quentinhos em porção na medida para dividir em dois. Dentre os principais, optamos pela salada de prosciutto e pêra (R$ 56,00), com pecorino, mel, rúcula, ervas e pinolis torrados e, dentre as carnes, optamos pelo rib-eye steak, contra-filé grelhado, servido com mix de cogumelos, salada de rúcula e endívia com chips (R$ 64). Saboreamos também o famoso linguine com camarões (R$ 42,00) em meia porção, camarões salteados com erva-doce, tomate cereja, pimenta dedo de moça e rúcula,  pois nosso intuito era também passear pela diversificação do cardápio.  Aliás, todos os pratos principais podem ser pedidos em meia porção, o que possibilitará ao cliente saborear mais opções do menu. E há de se dizer que embora carnes como costela de cordeiro, frango e até hambúrguer estajam no cardápio, são as massas as mais pedidas, sempre frescas produzidas todos os dias com farinha de trigo. O pappardelle, massa mais larga que o tagliatelle, ganha formato diferente no Jamies Sausage Pappardelle (R$39,00 inteira/R$28,00 meia porção), com as bordas frisadas. Como desfecho, de sobremesa, compartilhamos o brownie que é servido com uma bola de sorvete de caramelo e flor-de-sal, calda de chocolate, e coberto com pipoca caramelada com amaretto.

www.raphaelcriscuolo.com.br Foto: Raphael Criscuolo ATENÇÃO: Toda foto deve ser publicada com o crédito do autor, na sua íntegra sem cortes ou modificações, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998

O cardápio ainda oferece os especiais do dia – especiais da estação e pratos clássicos – e cardápio infantil, nutricionalmente equilibrado: combo – prato principal, salada e suco (R$29) com opções de pratos principais como tagliatelle à bolonhesa, mini  hambúrguer e espetinho de frango orgânico.

Por Neiva Schneider

Tags relacionadas

Comente



Compartilhe!




POSTS RECENTES

Image

Final de semana na Serra Gaúcha como você nunca imaginou

Que tal uma programação diferente para curtir o outono inverno? Nossa equipe experimentou e aprovou duas experiências incríveis em Pinto Bandeira e Gramado! Que Gramado é um dos destinos preferidos para curtir o friozinho, todo mundo sabe. Mas que tal uma programação diferente que reúna todo o charme e aconchego da capital do cinema + […]

LEIA MAIS
Image

O ‘glamping’ começa a ganhar fama no Brasil

Natureza, conforto e glamour combinam sim! Foi descoberto pelos britânicos, os australianos dão uma aula com o Longitude 131 e por aqui a tendência ganha corpo No entanto, pouca gente sabe o que é essa prática e, mais importante, qual tipo de turista se encaixa nesse estilo de viagem. A definição que provavelmente estará nos […]

LEIA MAIS
Image

De olho no futuro, sem esquecer as raízes

Dossiê sucesso Firmada como uma das mais importantes e sólidas grifes mundiais de mobiliário, a Florense trabalha com perfeição seu amanhã nos mesmos alicerces em que foi fundada há 65 anos e o que impressiona é o fio condutor dos valores que a perpetuam Em Flores da Cunha, cidade da Serra gaúcha, com menos de […]

LEIA MAIS