Duda Bündchen, a pequena notável

Texto | Douglas Petry
Fotos | Arquivo pessoal

A personalidade marcante e alegria são atributos de Duda Bündchen, modelo infantil que carrega no DNA o mesmo talento da tia, a übermodel Gisele Bündchen, para uma carreira promissora. Mesmo estando duas vezes no livro dos recordes a família preza por uma infância normal e sem estrelismos.

IMG_0413 by Luanda

Com um dos sobrenomes mais poderosos do mundo da moda, Maria Eduarda Borges Bündchen trilha a carreira de modelo inspirada na trajetória da tia Gisele, que atingiu um nível nunca alcançado por nenhuma modelo antes dela.  Nos bastidores, a preocupação familiar é de que mesmo estando inserida neste segmento, Duda seja apenas uma criança.

A família preza para que, acima de tudo, tenha uma infância agradável. Sua rotina inclui, além da escola, atividades paralelas que ela mesma escolhe. Durante a semana faz cursos de robótica, tênis, ballet, jaz, natação e estilismo.  Segundo o pai, o advogado Paulo Borges, o objetivo é que ela seja feliz e encontre as atividades que realmente gosta de fazer.

A pequena tem o equilíbrio entre infância e carreira. Na vida de profissional e na escola é a mesma. Prioriza a escola e suas atividades. Caso falte um dia na aula recupera o conteúdo em casa. Considera o trabalho de modelo muito legal, mas vê os estudos como uma necessidade para ter um bom futuro.

Duda diz que sua atividade preferida como modelo é tirar fotos. A razão disso é a interação que tem com a equipe, que torna o trabalho divertido. “Da última vez eu maquiei a maquiadora”, conta dando risadas. Sua paixão vai além das sessões fotográficas e das passarelas. Gosta de moda, desenha vestidos e os coleciona em um livro.

DonnaZH20100930_CarlosContreras042

Os primeiros passos

O começo foi muito cedo. Nos primeiros anos da vida de Duda, a família percebeu que ela tinha uma plástica bonita e talento para ser fotografada. Como o sobrenome Bündchen é fortemente ligado á moda, pensaram na possibilidade dela seguir os passos bem sucedidos de Gisele.

Com três anos teve a primeira experiência como modelo. O empresário Eduardo Santos trabalhava com Borges em um projeto e propôs colocar Duda em um editorial com outras crianças para testar seu desempenho. Foi apresentada com o sobrenome Borges, para evitar expectativas.

O resultado foi bom e logo depois fez outro sozinha, já apresentada como Duda Bündchen. O retorno positivo foi muito grande, chamando atenção de algumas empresas que queriam lançá-la no mercado.

A família desejava que a infância fosse preservada e buscaram uma empresa que tivesse preocupação e respeito com isso. Encontraram a atenção que Duda necessitava na marca de roupas infantis Brandili. “O sucesso foi tão grande que no segundo ano chegou-se à conclusão de que deveríamos lançar uma linha no nome dela.” Foi então que teve sua primeira coleção de moda.

A jovem modelo se inspira muito na tia e recebe dicas valiosas. Dos seis anos de carreira se recorda de histórias engraçadas, como o episódio que uma fotógrafa caiu no rio durante uma sessão de fotos. Não tem muitos medos ligados à profissão, pois aprendeu com os pais que se cair deve levantar e seguir em frente. Tem isso como lição para a tudo na vida e não só para a a vida de modelo.

Duda pensa em seguir modelando quando adulta, mas não descarta outras possibilidades. Já participou da novela Chiquititas, mas não pretende ser atriz. Se identifica muito com o mundo da moda, e  já assinou linhas de roupas e joias, o que a colocou duas vezes no livro dos recordes como a criança mais jovem a desempenhar a atividade.

ale pinho1

Base familiar

Borges se preocupa muito com a segurança e a felicidade de Duda. É orgulhoso por ela ter ideias formadas e personalidade forte. Considera isso um desafio para as pessoas que atuam em seu desenvolvimento, mas tem certeza de que para seu futuro é o melhor. “Sempre sonhei, desde que ela era bebê, que fosse assim.” Isso garantiria que a menina se relacionaria melhor com o mundo, criando os próprios conceitos e não aceitando o que outros ditam.

Antes mesmo do nascimento, sem saber o que a vida reservava para a filha, o pai leu muito para se preparar para a criação. Seu foco era educação e preparação de pessoas fora de série, chamados de outliers. Cita a publicação Outliers, de Malcolm Gladwell, que mostra a vida pessoas que vão além do senso comum, apresentando exemplos de quem chegou a esse patamar, explicando o porquê.

Segundo o livro, a pessoa pode ter um grande talento, mas precisa ter um arcabouço com ela. Todo o entorno precisa estar preparado para auxiliar no desempenho desta criança e colaborar para seu crescimento pessoal. “É necessário que todos tenham a visão para proporcionar as oportunidades para a criança um caminho bacana”, conta Borges.

A família não focou na carreira de Duda, mas sim em sua construção pessoal. O pai acredita que se ela encontrar o que realmente gosta de fazer dará um retorno muito maior ao mundo do que fazendo algo forçado. É uma obrigação entender o talento e aliá-lo a paixão, criando um ciclo. “Não sabemos o que a Duda será no futuro. Modelo ou não, nós queremos que ela seja feliz.”

Raquel, a mãe de Duda, é formada em letras e aprendeu a base da pedagogia, o que auxilia na criação. Sua maior característica é ser precavida, se preocupando com o que pode vir de negativo com a exposição.

Os pais proporcionam que a menina faça o que gosta, seja na profissão ou na vida pessoal. “A carreira da Duda interfere muito pouco no restante da vida. Ela não é exigida como modelo, o que é uma cláusula contratual. Ela é uma criança e precisa se divertir e fazer o que gosta.”

Borges ressalta que a excelência vem, além do talento, da prática. A Duda é uma criança que tem oportunidades e todo o apoio familiar, e será sempre assim. “Se os pais prestarem atenção nos sinais que surgem na vida dos filhos, eles podem ajudá-los muito mais.” Não há uma projeção de carreira, mas sim pessoal.

JEAN8661-4

Sobrenome de peso

Muitas pessoas criam uma expectativa com o sobrenome Bündchen, o que gera uma responsabilidade muito grande. Duda é comprovadamente uma outlier, estando duas vezes no Livro Mundial dos Recordes. Sua primeira coleção de roupas foi citada na Forbes, o que aumentou ainda mais a atenção em torno dela.

As pessoas exigem muito por ser sobrinha de Gisele. Se ela faz um desfile ou comparece a um evento e fica envergonhada, as críticas são como se ela fosse uma modelo adulta. A família sempre reforça que criança deve ter tratamento de criança e evita exigências.

O pai deixa a menina consciente de que para todo bônus há um ônus. O dela é de ter que se comportar adequadamente em público e parecer sempre uma princesa, mesmo brincando que não quer ser uma. Duda é madura e responsável, tem liberdade de errar e aprender com isso. “Ela sabe que para todo ato há uma consequência.”

As imposições da profissão são tratadas com naturalidade. Se ela não quiser seguir com o que faz, por não poder ou não querer atender as exigências do mercado, tem total liberdade. Ela é consciente de que existem várias opções a serem seguidas. As atividades que faz podem levá-la a seguir outra profissão, ou serem complementares para esta. “Existe o projeto da pessoa Duda. Ela que vai apontar para onde vai.”

8 anos - Campanha Duda Bündchen Fine Jewellery - Luanda Roos III

No mundinho de Duda

Qual a sua viagem preferida?  Foi para a Disney, porque eu andei de montanha russa.

E a comida que você mais gosta? A massa que o pai faz especialmente para mim. Quando ele prepara, eu como bastante.

Qual o livro que você mais gosta? Não é só um, é uma coletânea. O nome é Bat Pat, e mistura histórias de terror e comédia.

O que você mais gosta de fazer com os seus avós? Com a minha vó Ada (mãe do pai), gosto de ir no shopping. Com o um vô Zanella (por parte de pai) gosto de ajudar a cozinhar. Com o meu avô Valdir,  pai da minha mãe, eu gosto de ouvir as músicas que ele faz. E com a vó Vânia, eu gosto de ficar com ela e ir visitar meus primos.

 



Tags relacionadas

Comente



Compartilhe!







POSTS RECENTES

Image

CASACOR RS 2019 inicia na próxima semana

Venda online de ingressos com desconto já está disponível no site do evento Os ingressos para conferir a CASACOR RS 2019, que acontece de 23 de julho a 08 de setembro em Porto Alegre, já podem ser adquiridos pelo público que deseja ver de perto as novidades da maior mostra de arquitetura, design e paisagismo […]

LEIA MAIS
Image

Lajeado recebe espetáculo gratuito da Companhia de Flamenco Del Puerto

Secretaria de Estado da Cultura e Del Puerto 20 anos apresentam Flamenco Imaginário para todos – Uma circulação com acessibilidade Nos dias 8 e 9 de julho, a Escola e Companhia de Flamenco Del Puerto leva a linguagem artística e ferramenta cultural originária da Espanha para a cidade de Lajeado. Com uma programação totalmente gratuita […]

LEIA MAIS
Image

S.C.A Mobiliário Contemporâneo lança tendência com o Slimstone

Para marcar esta e outras novidades, a S.C.A Porto Alegre realizou integração com profissionais em festa junina na segunda-feira, dia 24 Depois do sucesso na Casa Cor SP, dentro do espaço assinado pelo arquiteto Felipe Hess, a loja S.C.A Mobiliário Contemporâneo de Porto Alegre passa a apresentar também no seu portfólio o Slimstone. Novidade direcionada […]

LEIA MAIS